Paralisia

Paralisia é a incapacidade ou a capacidade reduzida de movimentar voluntariamente um ou vários músculos, grupos musculares ou membros. Existem diversos tipos de paralisia.


Paralisia motora

Distingue-se a paralisia motora (paralisia do sistema locomotor) em periférica e central, conforme o nível em que a lesão ocorreu.

Paralisia periférica: O nervo está inflamado ou foi lesado em seu trajeto depois de deixar a medula espinhal (p. ex., separado por uma lesão) ou no seu local de origem na medula espinhal (p. ex., na poliomielite). Estes casos são sempre de paralisia flácida. Os grupos musculares ou membros afetados não apresentam nenhuma tensão.

Paralisia central: O local da paralisia é mais alto, ou seja, nos tratos nervosos longos, chamados tratos piramidais da medula espinhal (paralisia espinhal), ou no próprio cérebro (paralisia cerebral), por exemplo, em consequência de um AVC. O transcurso da paralisia central é frequentemente espástico, ou seja, a tensão da musculatura afetada está elevada. Conforme a extensão da paralisia, tem-se uma monoplegia (paralisia de um único membro), paraplegia (paralisia dos membros superiores ou inferiores), tetraplegia (paralisia de todos os membros) ou hemiplegia (paralisia de um lado do corpo).

Paralisia sensitiva (paralisia sensorial)

Este tipo de paralisia é causado por doenças do sistema nervoso central ou periférico. Neste caso, a capacidade de perceber estímulos sensoriais como frio, calor, dor ou toque foi eliminada ou reduzida em algumas regiões do corpo.

Outros tipos de paralisia

Em alguns casos, a paralisia advém de uma doença do próprio músculo (paralisia miogênica). A paralisia por causas mentais (paralisia psicogênica) também é possível, mas raramente ocorre.



Produtos correspondentes