Paralisia cerebral infantil (PCI)

A paralisia cerebral infantil (PCI) é geralmente um distúrbio espástico dos sistemas nervoso e muscular que ocorre em crianças. É caracterizada por distúrbios dos sistemas nervoso e muscular nas áreas de tensão (tônus) e força musculares, coordenação e padrão de movimento. As formas espásticas híbridas com uma tensão muscular geralmente elevada são as mais comuns.


Causas

As causas da paralisia cerebral infantil podem variar amplamente. Uma falta de oxigênio, complicações com o cordão umbilical, infecções, hemorragia cerebral e acidentes podem levar à paralisia cerebral infantil durante a gestação, porém mais frequentemente durante o parto.

Na maior parte dos casos, são observadas deficiências múltiplas. Ela ocorre em 3 de cada mil nascidos vivos. Porém, bebês prematuros são mais frequentemente afetados.

Sintomas

Os sintomas da paralisia cerebral infantil variam amplamente e podem ser altamente definidos de forma individual. Os sintomas espásticos ocorrem em 75% dos casos.

  • Hemiplegia (32%): nesse caso, são afetados os membros de um lado do corpo, sendo que os superiores são mais gravemente afetados que os inferiores.
  • Diplegia (40%): os membros inferiores são mais gravemente afetados que os superiores.
  • Tetraplegia (2%): na tetraplegia, todos os membros estão paralisados; o desenvolvimento motor e mental está significativamente retardado. Somente cerca de 10% dos indivíduos afetados são capazes de andar.
  • Hemiplegia bilateral: paralisia espástica de todos os quatro membros, com os superiores sendo mais gravemente afetados que os inferiores.
  • Triplegia: paralisia espástica de três membros.

Em todas as formas, os flexores longos e os adutores em particular são afetados pela paralisia. A espasticidade também causa rigidez das articulações. Quadros clínicos característicos das articulações individuais podem ser descritos como a seguir: o quadril está flexionado e girado em ângulo para dentro. Há uma tendência à rigidez na posição de flexão do cotovelo, punho e joelho. O antebraço está dobrado e o polegar, girado para dentro. O tornozelo e o pé estão na posição equina e a coluna vertebral também se encontra gravemente curvada.

Diagnóstico e tratamento

A PCI é diagnosticada com base nos achados clínicos após a exclusão de outras causas progressivas como tumores ou inflamação. O tratamento foca uma terapia multidisciplinar derivada de várias abordagens médicas, ortopédicas e terapêuticas. A Ottobock oferece uma série de dispositivos médicos que abrangem produtos para bebês e adultos, por exemplo, para ajudar na postura e no posicionamento, bem como para melhorar o equilíbrio e a capacidade de andar (órteses de pernas, meios auxiliares à locomoção, sedestação e posicionamento).


Abaixo, apresentamos exemplos de produtos usados na ortetização. Se um produto é realmente adequado para você ou se você terá condições de aproveitar plenamente a funcionalidade do produto dependerá de vários fatores diferentes. Sua constituição corporal, condição física e um exame médico detalhado também são fatores importantes. Seu médico ou o seu técnico ortopédico também decidirá qual a ortetização mais apropriada para você. Teremos muito prazer em apoiá-lo.


Produtos correspondentes